Quer fazer uma consulta de Tarô? Veja como


vanessa-mazza-2

Se você busca por um diagnóstico preciso do seu momento, compreendendo melhor suas atitudes, de onde surgiram seus problemas atuais, além de visualizar para onde está indo, sem o tom fatalista de “futuro que você não pode mudar”, a consulta de tarô terapêutico pode lhe auxiliar neste processo.

Além dos aconselhamentos e previsões, você pode também receber ajuda na hora de tomar uma decisão, ao visualizar todos os possíveis desdobramentos e receber dicas de como lidar com relacionamentos, problemas de saúde ou inclusive de dinheiro.

Para se consultar comigo, basta ter Skype, Yahoo Messenger, Google Talk, Facebook ou mesmo Whatsapp e agendar um horário. Eu atendo geralmente de segunda a sexta. Visite minha agenda para ver as possibilidades.

Para adquirir a consulta, você pode utilizar minha loja virtual.

Quer saber mais sobre mim? Mande um e-mail para 33manik33@gmail.com ou acesse o Quem Sou acima. Se tiver dúvidas sobre como funciona a consulta online, clique aqui. Por fim, se quiser conhecer mais sobre o Tarô, leia em Dúvidas Frequentes.

Você pode acompanhar também meus textos sobre comportamento e qualidade de vida, publicados no Personare.

Consultoria de Tarô


Se conhece e usa o Tarô, mas tem dúvidas pontuais sobre jogos ou não consegue interpretar certos aspectos dos arcanos, estou oferecendo uma consultoria individual por email, focada apenas nas suas necessidades de aprendizado.

Para saber como funciona e qual o investimento, mande uma mensagem para 33manik33@gmail.com

Tarô-15

Dilema da má previsão


8 de Espadas - Shadowscapes Tarot

8 de Espadas – Shadowscapes Tarot

Nem todos tem maturidade ou equilíbrio psicológico para lidar com más previsões.

Saber, por exemplo, que você não tende a ficar com quem ama, que poderá ter anos solitários pela frente ou ainda não ser bem-sucedido no trabalho pode ser desalentador, principalmente se você usar isso como uma desculpa para ficar mal ao invés de tentar entender o que está acontecendo e mudar sua realidade.

Afinal, quem não tem estrutura para ouvir a verdade, mesmo que o Tarô ofereça conselhos, irá desconsiderá-los e esquecê-los, muitas vezes reagindo mal e descontando em quem leu as cartas a responsabilidade pelos rumos dos acontecimentos de sua vida.

Porém, do mesmo modo que um médico não tem culpa por termos colesterol alto, o tarólogo, que não nos conhece, apenas diz o que vê no jogo, de forma imparcial.

Portanto, se você não se sente preparado, não faça uma consulta, respeite seus limites. Pois, saber a verdade é ter que lidar com ela e mudar, saindo da zona de conforto e, nem sempre estamos prontos ou dispostos a isso.

Tarô dá previsões exatas?


Roda da Fortuna - Tarot of the Spirit World

Roda da Fortuna – Tarot of the Spirit World

Seria ótimo se, ao perguntarmos algo ao Tarô, ele nos desse o dia, a hora e o local onde tal evento se materializaria. Porém, não é assim que acontece. Primeiro porque os símbolos não dão conta de fazê-lo. Segundo porque os métodos de tempo que vejo por aí, nunca funcionaram comigo.

Assim, o que sempre me pareceu mais efetivo é simplesmente determinar a realização dentro de períodos de tempo mais abertos, como um mês, um trimestre, um ano, etc, fazendo perguntas objetivas: tal coisa acontecerá em até X tempo?

A questão é que, antes disso, temos que entender se a realização é de fato possível. Pois, se tivermos cartas ambíguas ou de fraca realização, mesmo vendo um prazo, tal poderá ser anulado se os conselhos da consulta não forem seguidos.

Vamos pensar no 7 de Espadas, por exemplo, que fala de possibilidade de realização desde que haja astúcia e cautela. Ou seja, se o consulente não for esperto, colocará tudo a perder. Então, mesmo que eu veja que as coisas podem acontecer em até 3 meses, isso de nada valerá se ele se esquecer que o 7 de Espadas não é um Sol ou Rei de Paus. Ou seja, que a realização prevista não tem tanta força assim, embora sua possibilidade não esteja de todo descartada, como seria o caso de um Pendurado ou Torre.

Dos símbolos à vida real


14731324_1364328210273840_1064384482304836725_n

É comum que os consulentes queiram um nível de detalhamento super preciso quando consultam o Tarô. Porém, temos que nos lembrar que os arcanos são formados por símbolos e eles, por si só, são um pouco generalistas. Assim, mesmo que haja a especificidade da energia contida neles – o sucesso do Sol é diferente da vitória do Carro ou da realização do Imperador – não é possível saber exatamente como as coisas irão acontecer na vida real.

Se o tarólogo começar a tentar deduzir demais os detalhes dos acontecimentos narrados pelas cartas, é quando a consulta começa a ficar realmente especulativa. Por isso, é preciso cuidado ao ficar “chutando” possibilidades, pois o consulente tende a gravar só estas deduções, se esquecendo da interpretação primordial.

Por exemplo, podemos dizer que você irá conseguir algo, mas tal irá lhe decepcionar. O consulente vai querer saber: por que vai me decepcionar?

  • No caso do 3 de Espadas, podemos afirmar que verdades duras terão que ser aceitas ou que, após ter a coisa na mão, o brilho da conquista irá passar;
  • Com o 5 de Copas, veremos expectativas frustradas, no sentido emocional;
  • No 8 de Copas, poderemos entender um arrependimento;
  • Enquanto que no 5 de Espadas, um constrangimento, uma canseira.

Porém, é complicado neste ponto saber, só por estas cartas e sem fazer novos jogos, quais são as verdades duras, quais são as expectativas, de onde virá o arrependimento, etc.

Dependendo do que o consulente trouxer, poderemos deduzir e ajudar a pensar, mas não necessariamente o que imaginarmos é o que se verificará depois.

Pode parecer incômodo não saber exatamente o que irá acontecer, porém, seria muita prepotência acreditar que teríamos este poder. Nem mesmo a ciência, com seus instrumentos precisos, consegue acertar 100%.

Então, antes ficar grato por ter um pouco mais de clareza sobre o momento presente e os caminhos que estamos percorrendo e o que podemos encontrar (afinal, se vamos nos decepcionar, precisamos mudar/corrigir algo no aqui-agora, não é mesmo?), do que perder tempo numa busca por precisão que, em essência, não altera o resultado.

Tarôs do Cotidiano


Tarot of the 78 Doors

db_78d-_stabe_13_-_konigin1 db_78d-_ii_-_die_hohe-_priesterin1

Tarot of Reflections

db_rs-_iiii_-_der_herrscher1 db_rs-_stabe_11_-_bube1

Secret Tarot

db_st-_scheiben_071 db_st-_stabe_101

Pagan Tarot

db_pag-_kelche_081 db_pag-_vii_-_der_wagen1

Significado alternativo: 4 de Ouros


Geralmente vemos o 4 de Ouros como a carta da posse, da avareza e da ganância, mas nos esquecemos que também fala de falta de criatividade, estagnação e medo do abandono, que são o outro lado do apego e do controle.

4 de Ouros - Paulina Tarot

4 de Ouros – Paulina Tarot

Veja outros significados alternativos aqui

%d blogueiros gostam disto: