Sobre o Tarô

Veja o que já publiquei sobre o Tarô e o ofício de Tarólogo no blog:

  1. O perigo de múltiplas consultas
  2. Até onde perguntar?
  3. “Fizeram um trabalho”
  4. “Tira uma cartinha”
  5. Ler pensamentos no Tarô
  6. Tarô não é achismo
  7. Nossa energia influencia?
  8. A não-previsão
  9. Previsões Hipotéticas
  10. Além da simples especulação
  11. Livre-arbítrio X Amarrações
  12. Ler Tarô pode ser difícil…
  13. Cuidado com o verbo da pergunta
  14. Consultas íntimas
  15. Guia prático de leitura: Posições
  16. Vendo daqui a 20 anos…
  17. Uma carta não responde múltiplas questões
  18. Ansiedade na consulta
  19. Medo do que vai sair?
  20. Será que pensa em mim?
  21. Tarô é Estar
  22. Tarô Estar e não Ser
  23. Plano Mental + Emocional
  24. Cada plano, uma interpretação
  25. No que uma consulta ajuda?
  26. E quando a consulta é óbvia?
  27. Tarólogo não é vidente
  28. Tarô não é vidência
  29. Tarô não se lê só com intuição
  30. Fazendo perguntas ao Tarô
  31. Não ignore arcanos!
  32. Como ver personalidade
  33. Tarô dá previsões exatas?
  34. Humildade no Estudo
  35. Dicas para criar confiança nas leituras
  36. Dica para ver tempo no Tarô
  37. O Tarólogo diz o que o cliente quer ouvir?
  38. 5 motivos que fazem sua carreira de tarólogo não deslanchar
  39. 8 dicas para tarólogos iniciantes
  40. Quanto tempo é preciso para se tornar um tarólogo profissional?
  41. Consulente fala nada/ Só se usa a intuição
  42. Destino X Livre-arbítrio/ Divinação X Orientação
  43. Embaralhando, cortando e escolhendo
  44. Vibração Oracular: 22 Arcanos Maiores
  45. Dicas para ler as cartas de Tarô
  46. 10 passos para uma boa consulta
  47. Para ser um bom tarólogo, não estude apenas Tarô
  48. Diferença entre leitura divinatória e de aconselhamento
  49. Combinações semelhantes