“Vamos tirar a sorte?”


114_115_cards

Penso que quando se fala sobre Tarô não se fala sobre sorte, no sentido de acaso e probabilidades, tal como os ditos “jogos de azar”, em que se joga um dado e existe 1 chance a cada seis de sair o número 3 para cima, por exemplo.

O Tarô é um instrumento de autoconhecimento. Então, o que é lido durante uma consulta é aquilo que é hoje, por isso se pode “prever” possíveis desdobramentos. Seria o mesmo que dizer que uma pessoa que estuda uma língua hoje, com certeza terá daqui a 1 ano noções básicas bem desenvolvidas do mesmo.

Por isso, o grande trunfo do Tarô não é “ver o futuro”, mas lhe esclarecer sobre o presente, lhe dando vislumbres de coisas que, devido às nossas perturbações do dia a dia não conseguimos enxergar. Isso significa, em última instância, que aqueles que tem suas intuições aguçadas e suas mentes totalmente fixadas no presente não necessitam mais consultar qualquer tipo de oráculo para saber o que devem ou não fazer ou entender o que vai na alma de outro ser humano ou na sua própria.

Assim, aquele que consulta deve ter sempre uma postura ativa frente às informações que lhe são reveladas, tanto para tornar aquilo que é bom ainda melhor e aquilo que é ruim, menos efetivo, tanto quanto para se desenvolver pessoalmente.

  1. EU TENHO ABSOLUTA CERTEZA QUE TUDO QUE ENVOLVE A ASTROLOGIA TARÔ ,TUDO QUE É MÍSTICO NOS AJUDA DE ALGUMA FORMA

    Curtir

  1. Pingback: Perguntas mais frequentes « Vanessa Mazza

  2. Pingback: Retrospectiva 2015: alguns dados | Tarolando

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: