Arquivos do Blog

Consulta de Tarô como Exame de Sangue


divine-5

Quando fazemos uma consulta de Tarô temos a impressão de que o tarólogo está vendo tudo o que tem para saber a nosso respeito, inclusive detalhes que nem foram perguntados ou imaginados. A questão é que, tal como um exame de sangue que fazemos no laboratório, se não soubermos exatamente o que estamos procurando, muitas coisas importantes poderão passar despercebidas.

Para que esta comparação fique mais clara, imagine que você tenha alergias. Quando isso acontece, há uma alteração significativa no sangue. Porém, na hora de realizar o exame, se você pedir apenas os níveis de açúcar e colesterol, não é magicamente que virá no resultado seus índices alérgicos.

O mesmo se verifica na consulta de Tarô. Se existe alguma situação importante para explodir no seu trabalho, mas, durante a consulta você foca somente em seu lado amoroso, o tarólogo não irá investigar este lado e assim, não poderá lhe fazer este alerta. (Não é culpa do tarólogo que você não tenha querido ver este setor ou sua vida de forma geral).

Ele poderia fazer este desvio do assunto principal e ver todas as suas outras áreas? Poderia. O problema é que isso envolve tempo e custo, tal como no exame de sangue. Afinal, o laboratório é incapaz de ver tudo o que se possa ver com apenas aquelas amostras que você deu. Ou seja, você teria que encher muitos outros tubinhos. Depois, teria que pagar por cada um dos testes extras realizados, pois são processos diferentes, em máquinas diferentes. E se você tem plano médico, não se engane, este exame de alergia que citei é super caro e, antes de fazê-lo o laboratório confirma se você realmente tem direito a ele.

Isso posto, a vida de cada pessoa é tão ampla, que se um tarólogo for querer ver ponto a ponto sobre cada situação, ele ficará dias focado exclusivamente em uma pessoa, sendo que a mesma nunca pagaria por todo este empenho e tem vezes que nem se sentiria confortável ao sabê-lo, já que o tarólogo estaria invadindo sua privacidade.

Por isso, é esta falta de compreensão sobre como a consulta funciona que leva muitos consulentes (sem noção) a ficarem cobrando o complemento do complemento do complemento de uma consulta que já foi realizada*.

Pense bem, se você não retorna ao laboratório exigindo que eles peguem o mesmo sangue coletado para ver mais uma dezena de coisas, não é correto retornar ao tarólogo para que ele veja outros tantos aspectos que não foram perguntados, se esquecendo que o profissional terá que realizar outras consultas só para respondê-las.

*Isso é diferente de tirar dúvidas, o que é justo e faz parte.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: