Arquivos do Blog

Conversando com os Arcanos: 6 de Ouros


“Eu tenho dúvidas sobre o futuro, porque meu passado não foi dos melhores. Não é a toa que eu queira tanto acertar!”

do racional 6 de Ouros

Imagem: Hudes Tarot

Carta do Dia: 6 de Ouros


Housewives Tarot

Housewives Tarot

Esta é uma alusão ao Halloween, pois o menino está vestido com uma fantasia e doces estão sendo oferecidos. O 6 de Ouros é uma carta de generosidade que às vezes traz uma noção de esmola. Outro lado do arcano que podemos ver é a hesitação da criança por qual doce pegar primeiro, afinal, qualquer um que pegue é bom, mas ele precisa escolher logo.

Mensagem do 6 de Ouros


6 de Ouros - Rider-Waite Tarot

6 de Ouros – Rider-Waite Tarot

Todos nós desejamos o melhor, porém, ficar hesitando indefinidamente só nos faz perder tempo. Escolha logo, sem ansiedade e com otimismo.

Tarô e Cultura: Vampiro Sedutor


É aquela pessoa que, mesmo você sendo claro e direto, não entende que você não está interessado e fica lhe perseguindo, ligando, convidando para sair, acreditando que você está se fazendo de difícil. O problema é que muitas vezes prejudica seus relacionamentos verdadeiros, querendo dar a impressão de que você está com dúvida ou está mantendo um caso secreto. Fuja dessa pessoa, mude de telefone, evite amigos em comum e, no pior das hipóteses, chame a polícia.

6 de Ouros – The Vampires Tarot of the Eternal Night

SOBRE A SÉRIE:

Quando uma pessoa vampira está perto de nós, nos sentimos exaustos, perdemos a paciência, ficamos irritadiços, a tristeza nos consome, assim como a falta de motivação. No fim, a sensação que temos na maioria das vezes é um grande desejo de fuga. Acima, um dos tipos de vampiros e como se defender. Porém, lembre-se que ele pode estar entre nossos parentes e amigos mais íntimos.

Evite doenças com o Tarô: 6 de Ouros – Resistência à cura


Pode parecer incoerente, mas nem todas as pessoas querem realmente se curar da doença que as aflige. Mesmo que conscientemente elas o desejem, no íntimo, se elas estão ganhando algo com isso, a tendência é que simplesmente resistam e não se curem. É o caso de males que vem e vão, das doenças crônicas ou de complicações em indisposições simples.

Para se entender melhor, podemos citar o caso da mãe que, por ser muito apegada ao filho que mora longe, vive adoecendo para convencê-lo de que é melhor ficar perto dela, ou da esposa que sempre precisa de cuidados do marido que estava para abandoná-la.

Ou seja, a causa da doença e também da sua não-cura tem origem na mesma coisa: na dependência que criamos em relação a outra pessoa. Então, se tudo o que desejo é atenção, amor e carinho de alguém e só o obtenho quando adoeço, como permitir que meu corpo fique novamente saudável? Isso seria o mesmo que libertar esta pessoa!

É claro que isto é um pensamento torto. A pessoa está com você por coação, pena, medo, culpa. E, mesmo que ame você, não é necessário que fique doente para que esta pessoa o prove.

Por isso, antes de ficar sempre exigindo tudo dos outros, comece você a se doar mais, tal como a imagem do 6 de Ouros. Se você não consegue se curar, por mais tratamentos que faça, a caridade se faz necessária na sua vida. Sem ela, você não renovará suas energias, nem perceberá o quão é bom servir. Afinal, a doença geralmente nasce no egoísmo, por isso, nada melhor que a doação para se livrar dela.

Saiba mais sobre esta série aqui

%d blogueiros gostam disto: