Perguntas mais Frequentes


1.O número de perguntas é relevante?

Não. Como para o tarô é imprescindível perguntas objetivas e claras, é um tanto estressante obrigar o consulente, que geralmente está confuso sobre o que está acontecendo, a formular questões perfeitas. Na minha opinião, este é o trabalho do tarólogo. Ou seja, sentir o que aflige o consulente e traduzir isto em perguntas que podem ser muitas ou poucas. Isso costuma depender, já que existem temas que geram dezenas de questões relacionadas e outros que necessitam apenas de uma ou duas. Portanto, não se preocupe em formular perguntas. Tenha sim, em mente, qual é o objetivo da consulta: tomar uma decisão, entender seu momento, visualizar prós e contras, etc.

2. Os oráculos on-line funcionam?

Sim. Para saber mais, leia o artigo.

3. Por que a consulta é cobrada?

Porque tal como qualquer outro profissional, o tarólogo se aperfeiçoa através de estudos, tem um custo administrativo e vive inserido dentro do mundo capitalista como cada um de nós, que precisa do dinheiro para seu sustento e também para investir num atendimento cada vez melhor. Portanto, caridade é algo que fazemos na medida do possível e em momentos adequados. Defendo a linha que diz que a vida é rica e abundante, por isso, valorizar a pobreza vai contra o que a própria experiência diz a respeito da Natureza. Afinal, quando uma árvore dá frutos, cada um tem centenas de sementes que gerarão outras árvores iguais a ela. Nada é escasso na Natureza. Por que teríamos que ser pobres? Além disso, quando a consulta é paga, se estabelece uma troca justa entre o consulente e o tarólogo. Quantas vezes não despendemos o mesmo valor em coisas sem importância, como uma passagem numa lanchonete, sendo que poderíamos obter conhecimentos para começar a transformar a própria vida?

4.O que é o tarô?

O assunto é bem amplo, mas você pode ver algumas explicações aqui e aqui.

5. Qual é o método de trabalho?

Você pode ver os tipos de consulta que realizo aqui.

6. A consulta tem alguma coisa religiosa?

Você também pode ler este texto.

7. Existe a invocação de espíritos?

Não. Não existe nada místico, ritualístico ou religioso na consulta de tarô. O que este mostra é a profundidade do consulente, seu “eu” interior, organizando sentimentos, pensamentos, visões de mundo e também esclarecendo as relações com situações e pessoas. Ou seja, não há a necessidade de invocação de algum espírito para isso. Porém, se você é espiritualista, com certeza irá acreditar que seu espírito protetor estará do seu lado lhe ajudando a entender as mensagens transmitidas pelas cartas.

8. Você faz “trabalhos” ou “amarrações”?

Pela resposta anterior, já para saber que não.

9. Você previne feitiçaria e macumba?

Não, primeiro porque não acredito na eficácia de tais práticas, já que afirmar que elas funcionam é o mesmo que dizer que não existe livre-arbítrio e que o poder de Deus, se Ele existe, é nulo. Todos nós somos responsáveis por aquilo que nos acontece. Então se uma macumba “pega” é que porque a pessoa, de alguma forma, permitiu se alinhar com a energia negativa transmitida. Então, de certa forma, tornando a situação do consulente mais clara através da consulta, é provável que o mesmo se fortaleça e não permita se influenciar por maus pensamentos. Neste caso, posso dizer que não é a consulta que previne, mas a vontade pessoal.

10.Qual a diferença entre divinatório e terapêutico?

Eu explico neste texto aqui.

11. Quais são os efeitos das consultas no dia a dia?

Quando se começa a estudar o tarô e as filosofias orientais , se percebe que todo o nosso sofrimento está concentrado apenas no desvio que fazemos do que é real para o ilusório. Sim, na verdade, não existem problemas, nem sofrimento, nem dificuldades. Existem nossas projeções distorcidas, nossos julgamentos, nossas personalidades formadas pelo ego cheio de sombras. Desse modo, nossa vida, dia a dia, é sempre uma luta constante. Muitas vezes nos sentimos vítimas do destino, não entendemos porque sofremos isso ou aquilo. Neste momento, entra o tarô. Através da consulta, podemos trabalhar profundamente o autoconhecimento dando a cada consulente um poder que até então ele não contava. Ou seja, com conhecimento é possível ser livre, feliz e pleno. Então, os efeitos principais são o aumento da auto-estima, da fé em si mesmo e da clareza mental.

12. De quanto deve ser o intervalo entre uma consulta e outra?

Isso vai variar de consulta para consulta. Então, você pode consultar mensal, bimestral, semestral ou anualmente. O que se recomenda à princípio é não perguntar exaustivamente a mesma pergunta várias vezes, pois quando se faz isso, não se presta atenção em nenhuma das respostas e obviamente só se cria mais confusão.

13.Como funciona a consulta virtual?

A consulta virtual é a mesma que a presencial. A diferença está apenas na distância física entre as pessoas, mas isso não afeta em nada a qualidade da consulta, já que a mensagem e a interação está acontecendo da mesma forma.

14.Como ela funciona, mesmo a pessoa estando longe?

Como tudo é energia, acredito que quando mentalizamos em alguém e em seu problema, automaticamente a transmissão acontece. Por isso, tanto faz onde você esteja.

15.Cortar o baralho é essencial para a consulta dar certo?

Não. Como disse acima, ao nos conectarmos, eu “sentirei” qual é o melhor momento para cortar o baralho.

16.O que dá para ver/saber pelo tarô?

Praticamente tudo de mais importante. É possível saber pensamentos, sentimentos, fazer projeções sobre acontecimentos futuros, visualizar prós e contras, entender relacionamentos, ter noção de como anda sua situação profissional ou mesmo sua saúde, entre muitas outras coisas.

17.Dá para prever tempo pelas cartas?

Sim, mas depende do tipo de pergunta e do baralho utilizado. Como vemos sempre o presente e o futuro muda de acordo com as decisões do momento, apesar de se poder traçar projeções futuras, as coisas podem acontecer mais ou menos rápido. Por isso, apenas se estima os tempos.

Alguma dúvida não foi respondida? Preencha o formulário abaixo:

Anúncios
  1. ola! adoro o seu site. sou muito directo kom as pessoas a coisas ke vc referee verdade outras e mentira numa consulta e muito importante o consulente fazer o corte das cartas. segunda vc diz nao akreditar em magia negra e branka pois ai veijo logo vc e aprendiz de taro. pk vc nao nasceu kom esse dom. Obrigado e desculpa pelo encomudo.

    Curtir

    • Bom dia, Gaby!

      Agradeço seu contato!

      Eu acredito que todos nós somos feitos de energia e sim, somos influenciados, principalmente quando o permitimos, por aquilo que os outros emitem. Neste sentido, se alguém pensar mal de mim, mesmo sem querer irá enviar uma frequência energética negativa. Se eu estiver bem, não serei atingida. Se estiver mal, posso acabar perdendo vitalidade.

      Sobre a magia em si, isso depende do que cada pessoa entende por magia. Não é essencial ter qualquer ritual, religião ou prática esotérica ou mística para ler as cartas.As cartas funcionam por si mesmas e dependem apenas de um bom tarólogo para interpretá-las.

      Assim, uma pessoa pode misturar tudo isso (magia) e ser um aprendiz do tarô. Ou seja, não dá para confundir tarólogo iniciante, que ainda não entende a simbologia das cartas, que não tem experiência na prática das metologias, com quem não tem iniciação em magia. Tarô é tarô, magia é magia. Tem gente que mistura as duas coisas, tudo bem. Mas isso não pode ser usado para designar profissionalismo ou não.

      Em relação ao dom, por mais que se queira fazer do tarô algo superior, do mesmo jeito que uma pessoa nasce com o “dom” para a medicina, ela nasce com o “dom” para o tarô. Mas isso não é nada sobrenatural ou que não possa ser desenvolvido com o tempo. Quem tem talento para interpretação, que gosta de psicologia e de pessoas, vai ter interesse por tarô e irá se desenvolver muito bem. Quanto à intuição, todos nós temos. É óbvio que um tarólogo, por causa de seu ofício irá se tornar mais sensível que as pessoas que lidam com atividades mais materialistas, como economistas, administradores, etc.

      Por fim, sobre o corte das cartas, se fosse estritamente necessário, as consultas online não funcionariam e nenhum tarólogo que assim trabalha teria clientes voltando, afirmando que as previsões e os conselhos foram acertados. Mesmo que nenhum argumento lhe convença, a prática com certeza prova o contrário.

      Um grande abraço,

      Vanessa.

      Curtir

  2. Adorei seu post, Vanessa! Perfeito!

    Curtir

  3. Olá boa noite, adorei seu blog! Tenho uma dúvida por favor. Fiz uma consulta com uma taróloga e ela me deu a previsão de dias para um acontecimento, porém passou os dias, voltei a consultar e ela me informou os mesmos dias, é assim mesmo? Fiquei confusa com isso, ou fui consultar muito rapidamente e deveria esperar um pouco? Sou muito ansiosa… Rsrs… Gostaria que me explicasse por favor. Obrigada.

    Curtir

    • Bom dia, Cely! Agradeço seu contato! Sobre sua dúvida, existem algumas considerações: 1 – é sempre bom ter um intervalo de 1 mês entre uma consulta e outra. Fazer a mesma pergunta repetidas vezes só confunde e, no fim, não cessa a ansiedade; 2 – a taróloga em questão devia ter lhe alertado disso e não feito a consulta novamente; 3 – o tempo no tarô não é exato, por isso, dias podem ser dois como 20…é preciso fazer outras perguntas para fechar um pouco o escopo e ter mais certeza; 4 – por fim, a previsão nunca será infalível, pois o futuro está sendo construído…neste sentido, se as coisas tendem a acontecer em dias, mas você age de forma diferente, tal poderá ser alterado (geralmente a própria ansiedade faz isso)…é por este motivo que a consulta tem que ter uma parte forte de orientação e conselho, justamente para prevenir esta disparidade. Espero tê-la respondido. Um grande abraço.

      Curtir

      • Olá bom dia! É, acho que tenho que controlar minha ansiedade e não querer que as coisas aconteçam rapidamente e como você disse que a ansiedade faz isso… Foi consulta a distância, não cheguei a comentar que já havia consultado, talvez devesse ter informado algo assim, mas ela me pediu para ter calma, ficar tranquila, que as coisas vão dar certo, estou tentando seguir a orientação e há coisas que não dependem somente de nós para que aconteça. Outra coisa é consultar mais de uma pessoa para ter certeza das respostas, isso também deixa a cabeça mais confusa ainda. Obrigada pela resposta. Abraço!

        Curtir

  4. Olá bom dia! Acho que tenho que controlar minha ansiedade e não querer que as coisas aconteçam rapidamente e como você disse que a ansiedade faz isso… Foi consulta a distância, não cheguei a comentar que já havia consultado, talvez devesse ter informado algo assim, o que ela me pediu era para ter calma, ficar tranquila, que as coisas vão dar certo, estou tentando seguir a orientação, pois há coisas que não dependem somente de nós para que aconteça (alguém vir falar com a gente). É que consultei novamente, pois ela me deu 15 dias, mas passou e não aconteceu e mesmo assim nessa outra consulta me deu o mesmo prazo, isso que não entendi Vanessa querida… Obrigada. Abraço!

    Curtir

  5. jonathan santos

    o tarô pode dizer se eu vou viver por muito ou pouco tempo,tenho essa duvida!

    Curtir

    • Boa tarde, Jonathan! Agradeço sua visita. Quanto a sua pergunta, Tarô não lê morte, duração de vida, etc. Ele serve mais para visualizar seu momento presente, entendendo de onde você vem e para onde está indo. Um abraço!

      Curtir

  6. Boa Noite,gostaria perguntar porque ha cerca de um ano q a Minha tarologa ve a entrada de uma pessoa na Minha vida e ate hoje nao aconteceu,Quero acrescentar q e uma grande profissional e q td q me disse ate hoje aconteceu,ja consultei uma outra tarologa e disse me a mesma coisa,pode acontecer q o Tempo das cartas Mesmo c cartas rapidas q a abertura a ultimo vez era a imperatriz e o carro e o Imperador.Boa Noite

    Curtir

    • Bom dia! Agradeço sua visita! Se as ditas tarólogas não estabeleceram um prazo para a entrada de tal pessoa, não há como precisar se a leitura está correta ou não. Da próxima vez solicite um tempo fechado como os próximos 6 ou 12 meses. Um abraço.

      Curtir

  7. Olà,é claro q desde Novembro 2015 me disserao q era uma questao Dias ou maximo meses pois sempre saiem cartas rapidissimas s ter esperar,aliaz a minha tarologa ja nem sabe q me dizer pois ve sempre este imperador q esta a Volta de mim q esta chegando e ate agora Nada.claro q nao saiu Mais cartas q podia indicar de esperar ou ter paciencia.talvez nao seja o momento certo e so o universo pode dizer quando algo pode acontecer.obrigado por a sua resposta

    Curtir

  1. Pingback: Como adquirir uma consulta de Tarô « Vanessa Mazza

  2. Pingback: Consultas on-line « Tarolando

  3. Pingback: Consultas on-line e presencial « Vanessa Mazza

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: