Arquivo da categoria: Boas Maneiras

Boas Maneiras: Índice


Tarôs91

Quer ver qual é um dos lados negativos de cada arcano para aprender a ter melhores maneiras com o Tarô? Consulte a lista a seguir:

  1. 10 de Paus: Sobrecarregamento
  2. 9 de Paus: Autodefesa
  3. 8 de Paus: Ansiedade
  4. 7 de Paus: Concorrência Desleal
  5. 6 de Paus: Desejo de Sucesso
  6. 5 de Paus: Briga
  7. 4 de Paus: Falta de Discernimento
  8. 3 de Paus: Expectativa
  9. 2 de Paus: Antagonismo
  10. Ás de Paus: Fogo de Palha
  11. Rei de Paus: Exibicionismo
  12. Rainha de Paus: Vaidade Pessoal
  13. Cavaleiro de Paus: Inquietude
  14. Pajem de Paus: Imaturidade
  15. 10 de Copas: Fantasia
  16. 9 de Copas: Gula
  17. 8 de Copas: Desistência
  18. 7 de Copas: Autoindulgência
  19. 6 de Copas: Idealização do amor
  20. 5 de Copas: Lamentação
  21. 4 de Copas: Depressão
  22. 3 de Copas: Futilidade
  23. 2 de Copas: Complexo de Alma Gêmea
  24. Ás de Copas: Carência
  25. Rei de Copas: Manipulação Emocional
  26. Rainha de Copas: Dramatização
  27. Cavaleiro de Copas: Ciúmes Emocional
  28. Pajem de Copas: Ressentimento
  29. 10 de Ouros: Acúmulo
  30. 9 de Ouros: Falta de Tato
  31. 8 de Ouros: Excesso de Zelo
  32. 7 de Ouros: Impaciência
  33. 6 de Ouros: Sem Generosidade
  34. 5 de Ouros: Pobreza
  35. 4 de Ouros: Posse
  36. 3 de Ouros: Falta de Cooperação
  37. 2 de Ouros: Falta de Leveza
  38. Ás de Ouros: Ambição Desmedida
  39. Rei de Ouros: Ganância
  40. Rainha de Ouros: Interesse Egoísta
  41. Cavaleiro de Ouros: Teimosia
  42. Pajem de Ouros: Manipulação Corporal
  43. 10 de Espadas: Derrotismo
  44. 9 de Espadas: Histerismo
  45. 8 de Espadas: Excesso de Conciliação
  46. 7 de Espadas: Falsidade
  47. 6 de Espadas: Letargia
  48. 5 de Espadas: Imposição
  49. 4 de Espadas: Preguiça
  50. 3 de Espadas: Excesso de Sofrimento
  51. 2 de Espadas: Falta de Paz de Espírito
  52. Ás de Espadas: Manipulação Mental
  53. Rei de Espadas: Crítica
  54. Rainha de Espadas: Deboche
  55. Cavaleiro de Espadas: Intolerância
  56. Pajem de Espadas: Fofoca
  57. Mundo: Comodismo
  58. Julgamento: Alienação
  59. Sol: Narcisismo
  60. Lua: Ilusão
  61. Estrela: Falta de Visão
  62. Torre: Negligência
  63. Diabo: Ciumes Físico
  64. Temperança: Falta de Elegância
  65. Morte: Medo do Desconhecido
  66. Pendurado: Martírio
  67. Força: Covardia
  68. Roda da Fortuna: Rigidez
  69. Eremita: Isolamento
  70. Justiça: Hipocrisia
  71. Carro: Descontrole
  72. Enamorados: Indecisão
  73. Sacerdote: Fanatismo
  74. Imperador: Orgulho
  75. Imperatriz: Vaidade Física
  76. Sacerdotisa: Timidez
  77. Mago: Fingimento
  78. Louco: Irresponsabilidade
Anúncios

Boas maneiras com o Tarô: Rei de Paus


Exibicionista. Tem gente que, por causa de uma ou outra habilidade, adora se exibir. Seja porque tem um corpo bonito, saiba consertar as coisas rapidamente, tenha dinheiro de sobra ou ainda algum conhecimento muito específico, como falar javanês. É muito fácil nos deixarmos seduzir por estas pessoas, pois elas realmente sabem fazer aquilo que exibem, porém, isso nem sempre indica que elas sejam boas em outras coisas, incluindo aí a personalidade, a moral, a ética.  Por isso que, muitas vezes, o exibicionismo pode ser apenas uma máscara para seus reais defeitos, que são muitos. A gente fica fascinado com o jogo de mágica, com a ilusão e não vemos a falha daquele que se exibe.

Boas maneiras com o Tarô: Rei de Copas


Estes dias fiquei pensando sobre o lado ruim do Rei de Copas, ele que, geralmente representa a pessoa nobre, de bom coração, compassiva, altruísta. Então me lembrei daqueles que usam as emoções das pessoas para influenciá-las e manipulá-las. Pode ser um marketeiro, um religioso, um vendedor, um político e até mesmo qualquer outro profissional que lide diretamente com pessoas. Afinal, com sua habilidade em ouvi-las, fazendo com elas se sintam importantes, aliando a isso o jogo certo de palavras e muita observação, essas pessoas podem induzir você a fazer coisas que não quer e não acredita, mas que, na hora, você se convence que foi você mesmo quem decidiu. Só depois, longe da influência é que sua mente racional retorna e você percebe o erro cometido. O que é interessante é que acabamos criando por causa desses enganadores um padrão de raciocínio que diz o seguinte: quando a pessoa é muito cordata e diz as coisas certas, a gente desconfia e quando a pessoa é reclamona e comete erros, é alguém normal e confiável.

Boas maneiras com o Tarô: Cavaleiro de Ouros


Teimosia. Quer pessoa mais obstinada, séria, constante e teimosa do que o Cavaleiro de Ouros? Ele não quer saber de preguiça, nem de queixume, muito menos de diversão! Ao mesmo tempo em que não cede, nem quer ouvir opiniões diferentes da dele, ele vai até o fim naquilo que se propôs, mesmo que quebre a cara. Mas não espere que ele vá pedir desculpas ou falar sobre seu erro. Provavelmente vai tomar novas decisões, como se tivesse escolhido sozinho.

Boas maneiras com o Tarô: Cavaleiro de Espadas


Intolerância. Você sabe aquela pessoa que não suporta o erro? Ou que não aceita ninguém que seja diferente dela por perto? Seja por causa de raça, religião, estilo ou classe social? Ela se sente tão superior e fica tão envolvida nesta ilusão de grandeza, que sente que pode criticar, analisar, julgar e mesmo excluir aqueles que não se enquadram em seus moldes de perfeição. Porém, se esquece que ela mesma tem um monte de problemas e defeitos a serem corrigidos. Por isso, geralmente é alguém que exige toda tolerância do mundo em relação aos próprios deslizes. Assim, se chega atrasada, a justificativa deve ser aceita. Se comete um erro é porque foi induzida a tal por outrem. Se quebra algo, é porque o objeto tinha sido colocado no lugar errado por outra pessoa. Se não paga a conta em dia, é porque o sistema tem falhas e por assim vai. Mas ai de você se chegar atrasado, quebrar algo ou deixar de pagar um empréstimo para esta pessoa!

%d blogueiros gostam disto: