Perguntas & Respostas: Tarô à distância é feito no chute?


Tarô-15

De vez em quando eu recebo a seguinte pergunta: a consulta online tem o mesmo efeito que o contato presencial entre profissional e cliente, já que a consulta à distância soa mais como um chute probabilístico?

Ao que respondo:

Especular sobre o funcionamento do Tarô seria um terreno inóspito, portanto, considero mais fácil seguir por fatos. Eu leio tarô há uns 20 anos, sendo que metade deles foi ao vivo e a outra metade preponderantemente online. Meu nível de acerto foi maior no online do que no ao vivo, mas não porque exista diferença entre os dois meios e sim porque minha técnica melhorou de 2007 para cá, quando passei a atender pela internet. Neste sentido, nunca há (nem pode haver) no Tarô chute probabilístico. Toda prática se fundamenta sobre conhecimento, experiência e técnica. Afinal, se fosse só para adivinhar, não haveria necessidade de um sistema tão complexo de símbolos. Você poderia simplesmente chutar usando borrachas, clipes, adesivos, etc.

Entretanto, há dez anos eu não saberia dizer se a leitura à distância funcionaria ou não. Foram o tempo e os feedbacks dos clientes, alguns que mantenho desde esta época, que me provaram que, embora eu não possa dizer exatamente porque funciona, a prática simplesmente mostra resultados verificáveis. No final, isso me fez acreditar cada vez mais que rituais de tiragem de cartas são desnecessários, como ambiente específico, incenso, corte do baralho com a mão da pessoa, invocações, etc.

Ou seja, eu posso ler para mim, para um cliente presencialmente, para outro online, esteja ele falando comigo ao vivo ou não e o resultado será o mesmo. No fim, o que pode realmente prejudicar a consulta é o estado do tarólogo: cansaço, nervosismo, falta de atenção ou de experiência…

 

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei em emissoras de TV, produtoras de vídeo e cinema, além de ter sido assessora de imprensa de um órgão do Governo do Estado de São Paulo. De 2008 a 2011 me envolvi com a área de internet do Grupo Corrêa Neves de Comunicação em Franca, cidade do interior paulista para a qual me mudei para ter mais qualidade de vida e bem-estar. Dessa forma, pude me dedicar mais intensamente ao tarô, com o qual tenho uma vivência de 17 anos e mais de 5 mil atendimentos, e outros assuntos holísticos, escrevendo artigos e realizando consultas. Atualmente resido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, tendo assumido completamente minha profissão de taróloga – que passou a ser reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 01/08/2016, em Artigos, Dúvidas de Clientes, Tarô e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: