Tarô e Cultura: Coco Chanel e Igor Stravinsky


Semana passada assisti ao filme francês Coco Chanel & Igor Stravinsky (2009), por causa do ótimo ator dinamarquês, que faz Hannibal no seriado de mesmo nome, Mads Mikkelsen.

cocochanelandigorstravinsky_scene_04

Chanel acompanha as composições de Igor em sua casa. O artista precisou se exilar na França devido à Revolução Russa.

Foi interessante saber sobre uma possível união amorosa entre dois gênios artísticos de sua época, mas, uma das coisas que mais gostei foi ter visto uma mini-consulta de Tarô num dos jantares elegantes de Chanel em sua casa de campo. Nesta cena, Coco e Igor já são amantes.

6a00d83451c83e69e201348443b639970c-320wi

Alguns encontros eram numa casinha do bosque da propriedade, já que não podiam ser vistos nem por criados ou por algum dos quatro filhos de Igor.

O que torna tudo mais complicado é que a família do compositor está hospedada na casa de Chanel, pois, por ser apreciadora de música, ela o financia. Chamando os colegas russos de Stravinsky para uma soirée, um dos convidados lê as cartas para Coco. Primeiro vira o Pendurado e depois, imagino, a Roda da Fortuna. Ele diz que ela está numa situação complicada, que pode ser advinda de um novo amor. Nisso, Igor, que está ouvindo tudo (e muito e bêbado), se levanta com fúria e vai tocar uma das suas músicas melodramáticas ao piano.

2009_coco_chanel_and_igor_stravinsky_011-600x596
Infelizmente não encontrei a cena do filme com as cartas aparecendo. De todo modo, a imagem acima mostra qual foi o outfit que a estilista francesa utilizou no jantar.

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei em emissoras de TV, produtoras de vídeo e cinema, além de ter sido assessora de imprensa de um órgão do Governo do Estado de São Paulo. De 2008 a 2011 me envolvi com a área de internet do Grupo Corrêa Neves de Comunicação em Franca, cidade do interior paulista para a qual me mudei para ter mais qualidade de vida e bem-estar. Dessa forma, pude me dedicar mais intensamente ao tarô, com o qual tenho uma vivência de 17 anos e mais de 5 mil atendimentos, e outros assuntos holísticos, escrevendo artigos e realizando consultas. Atualmente resido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, tendo assumido completamente minha profissão de taróloga – que passou a ser reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 08/18/2015, em Artigos, Tarô, Tarô e Cultura e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. Valeu pela dica do filme Vanessa, vou dar uma conferida, um grande bju !!!

    Curtir

  2. Gostei muito deste filme. Não lembrava que havia uma cena com uma consulta de tarô. Acho que não veria as cartas do Pendurado + Roda da Fortuna como indicação de um novo amor, mas sim de mudanças radicais que depreendem algum sacrifício e espera na incerteza. O que você acha? Concorda com a interpretação do filme?

    Curtir

    • Olá, Paola! Penso que a interpretação esteja de acordo com o modo como se lia cartas antigamente, com a Roda sendo uma surpresa/reviravolta, geralmente amorosa e o Pendurado um estar “envolvido/preso à alguém”. Mas, se formos interpretar hoje, além da sua sugestão, que é válida, Pendurado com Roda da Fortuna são bem antagônicos. Um é puro movimento, o outro é marasmo. Pelo contexto do filme, eu diria que uma ilusão que não pode ser mantida (caso amoroso/Pendurado) levará a uma mudança inesperada (abandono da esposa/Roda). O Pendurado também mostra o estado de Igor no jantar (impossibilitado de falar) e sua explosão de nervosismo ao piano (roda da fortuna). O que acha?

      Curtido por 1 pessoa

      • Ei Vanessa! Desculpe a demora para responder. =p

        Realmente me esqueci de considerar o contexto histórico, e não tinha noção de que o modo de interpretar as cartas antigamente era diferente.

        Gostei muito de suas considerações sobre as duas cartas juntas! foram bastante esclarecedoras para mim. 😉

        Particularmente, tenho um pouco de dificuldade de sair da interpretação mais abstrata e arquetípica para as aplicações práticas ou significados mais exteriorizados em ações.

        De qualquer modo, as cartas no filme fizeram muito mais sentido pra mim agora, com sua interpretação. Agradeço!

        Curtir

      • Eu que agradeço, Paola! 😉

        Curtido por 1 pessoa

  1. Pingback: Resumo de Agosto/2015 | Tarolando

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: