Uma taróloga que eu não sou, nem quero ser


trick-or-treat-12568

Eu estou sempre observando as pessoas, inclusive outros tarólogos. Dentre eles, muitos eu admiro, outros nem tanto. O fato é que existem características que me desconcertam, incomodam e até entristecem em alguns profissionais, pois vejo o quão são prejudiciais.

Digo isso porque o objetivo de todos nós tarólogos e simpatizantes deveria ser o de transformar o Tarô em algo mais acessível às pessoas, não permitindo que continue sendo visto com um objeto mágico, mistico, compreendido por apenas alguns privilegiados/escolhidos. Eu, por exemplo, ainda tenho o sonho de que todos possam ter seu baralhinho em casa, como um guia para o autoconhecimento e paz de espírito.

Assim, penso eu que fazem um desserviço ao Tarô todos os profissionais que:

– o elitizam ao só atender (ou falar com) pessoas ditas “superiores”;
– o enchem de mistérios, afastando as pessoas de seus significados mundanos;
– o complicam sem necessidade usando palavras e conceitos rebuscados;
– fazem o consulente acreditar que o destino é fixo e sem solução;
– se consideram melhores que “as pessoas comuns” só porque leem o Tarô;
– se deixam levar pela vaidade ao ponto de se elevarem na sociedade por conta própria.

As pessoas que o fazem podem ter muitos adeptos e seguidores, pois geralmente temos a tendência a acreditar em quem tem muita autoconfiança e transmite certo carisma (ou está constantemente em evidência), porém, é preciso tomar cuidado e observá-las sem paixão.

Portanto, quando você estiver perto delas, se questione:

– eu entendo os textos que ela publica? consigo acompanhar seus discursos, palestras, cursos? acho válidos seus conteúdos ou apenas parecem querer enaltecer seus conhecimentos?

– eu consigo aprender o Tarô com ela? seus significados, funcionamento, aplicação na prática?

– eu me convenço que esta pessoa é uma grande profissional por causa do que ela diz de si mesma e da qualidade visual de seu trabalho (fotos, artes, site) ou pelos elogios de pessoas que já a consultaram?

– ela cobra preços abusivos, justamente por se autointitular melhor que os outros?

Não digo com isso que estes profissionais não conheçam o Tarô, apenas que não entendem o seu papel na sociedade. Para mim, eles são como o médico cirurgião plástico que só quer atender “estrelas” e participar de grandes eventos e ser citado em todos os lugares, recebendo honras e prêmios, mas que quando se depara com alguém que realmente precisa de suas habilidades (mas que não pertence ao seu público-alvo), foge.

Isso não quer dizer que os tarólogos não possa ser bem-sucedidos profissional e financeiramente e sim que existe um dever intrínseco a nossa profissão que não pode ser esquecido. Afinal, nós orientamos pessoas e cada uma que passa a pensar melhor sobre a própria vida por causa de uma consulta (ou que aprende os conceitos corretamente e atende outros indivíduos), simplesmente cria um efeito em cascata que ilumina a sociedade como um todo.

Por isso, por que deveríamos apenas focar naquilo que vai aumentar nosso ego, considerando a enorme responsabilidade que temos nas mãos?

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei em emissoras de TV, produtoras de vídeo e cinema, além de ter sido assessora de imprensa de um órgão do Governo do Estado de São Paulo. De 2008 a 2011 me envolvi com a área de internet do Grupo Corrêa Neves de Comunicação em Franca, cidade do interior paulista para a qual me mudei para ter mais qualidade de vida e bem-estar. Dessa forma, pude me dedicar mais intensamente ao tarô, com o qual tenho uma vivência de 17 anos e mais de 5 mil atendimentos, e outros assuntos holísticos, escrevendo artigos e realizando consultas. Atualmente resido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, tendo assumido completamente minha profissão de taróloga – que passou a ser reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 07/20/2015, em Artigos, Tarô e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: