E quando o cliente/consulente é antipático?


abril27

Consultas a la 4 de Copas

Isso é raro de me acontecer mas, quando este tipo de cliente vem (pessoas preconceituosas, grosseiras, indelicadas, desrespeitosas e/ou inflexíveis), isso me entristece, pois a consulta se torna um pouco nula, já que a pessoa em questão não absorve o que foi dito e eu finalizo a leitura com a sensação de tempo perdido.

Além disso, o que me incomoda mais é que este tipo de situação é evitável, já que deixo muito claro o tipo de trabalho que faço: leitura de Tarô técnica, sem misticismo, sem mediunidade, com foco mais terapêutico, com previsões e aconselhamento. Até porque meu objetivo é que a pessoa entenda o momento dela, o que ela está fazendo e para onde está indo. Logo, quem me procura precisa, em essência, estar aberto a mudar de atitude, crenças ou, ao menos, considerar a possibilidade de refletir sobre elas. Assim, minha conduta se afasta do tipo de taromancia que foca mais na previsão, narrando o futuro como algo imutável ou uma simples curiosidade.

Como para cada tipo de profissional também existe um tipo de cliente, é natural que eu atraia pessoas que querem aprender com o Tarô, que se permitem ouvir opiniões contrárias, que tem maturidade para aceitar previsões negativas, que aceitam conselhos e refletem sobre eles, que respeitam o conhecimento que possuo, sendo educadas na hora de tirarem dúvidas ou fazerem perguntas.

Por isso, elas não chegam atrasadas às consultas (e se chegam pedem desculpas ou se justificam), nem insinuam que falta probidade ao meu trabalho (porque não uso certos maneirismos típicos, como invocações, regras de cortes das cartas, etc) ou saem da consulta insatisfeitas por não terem ouvido aquilo que esperavam (em outras palavras escutam “puxões de orelha” ao invés de “passadas de mão na cabeça”), sem, no entanto, refletirem sobre o assunto com mais profundidade.

É claro que ninguém é obrigado a nada. As pessoas são livres. Por isso, é preferível evitar se colocar em situações incoerentes, como passar com um profissional cujo trabalho não acredita/gosta e depois constrangê-lo por isso. Na minha cabeça, isso seria o mesmo que eu contratar um arquiteto que adora arte moderna e brigar com ele por não fazer projetos mais clássicos.  Ora, não faria mais sentido que eu fosse atrás do profissional especializado no estilo que eu gosto? Pois é.

Mas estes clientes às vezes aparecerem “chutando o balde” e você deve atendê-los com educação e profissionalismo. Talvez o próprio tempo mostre o erro deles e, mesmo que não retornem (por orgulho), alguma semente de mudança terá sido plantada. Ou não. O importante é que, se você pegar clientes assim, fique frio, faça seu melhor e desapegue. Afinal, foi esta pessoa quis passar com você e isso deve ter um motivo maior, mesmo que não aparente.

Imagem Leo Rey/ Fairy Tale Tarot

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei em emissoras de TV, produtoras de vídeo e cinema, além de ter sido assessora de imprensa de um órgão do Governo do Estado de São Paulo. De 2008 a 2011 me envolvi com a área de internet do Grupo Corrêa Neves de Comunicação em Franca, cidade do interior paulista para a qual me mudei para ter mais qualidade de vida e bem-estar. Dessa forma, pude me dedicar mais intensamente ao tarô, com o qual tenho uma vivência de 17 anos e mais de 5 mil atendimentos, e outros assuntos holísticos, escrevendo artigos e realizando consultas. Atualmente resido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, tendo assumido completamente minha profissão de taróloga – que passou a ser reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 05/30/2015, em Artigos, Tarô e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: