Série Tiragens: Ciclo Lunar (Deviant Moon Tarot)


Na caixa que acomoda o Tarô do Deviant Moon, vem uma espécie de poster dobrado, no qual está desenhada uma tiragem sem título, a qual batizei de Ciclo Lunar, pelo formato e pela proposta do baralho. O objetivo dela, a meu ver, é servir de leitura geral, porém mais introspectiva, baseando-se na estrutura da Cruz Celta, pois existem 10 posições. Penso que se possa usar tanto o método Básico (só Maiores), quanto o Europeu (Maior+Menor) ou Americano (Tudo misturado com invertidas). As posições estão divididas assim: 1 – O Dia Atual; 2 – Influências do Passado; 3 – Influências Subconscientes; 4 – Segredos, Desejos e Vontades; 5 – Forças Escondidas; 6 – Próximos Eventos; 7 – Meio-Ambiente; 8 – Influências de Outros; 9 – Forças Espirituais; 10 – Resultado Final. Se você segue o Nei Naiff, como eu, recomendo ler as casas 1, 2 e 7 pelo núcleo; a 3 e 8 pela mental;  a 5 pela advertência; a 4 pela sentimental; a 6 e 10 pela material e a 9 pela espiritual. Considere o tempo visto como de 3 a 4 meses.

Veja um exemplo:

Deviant Moon Tarot

Deviant Moon Tarot

A consulente estava querendo saber sobre seu momento, buscando por autoconhecimento. Na primeira posição, saiu a Roda da Fortuna, simbolizando que seu momento atual é de mudança e, portanto, instabilidade, já que existe muita coisa acontecendo e pouca clareza sobre os próximos passos. Na segunda, com o Mundo, vemos que ela vem de uma situação positiva, com boas soluções, o que pode pressioná-la no sentido de resolver logo os problemas atuais. Na terceira, a Lua afirma que a consulente está confusa e possivelmente não o admitiu ainda para si mesma. Então, mesmo que queira ser pró-ativa, sem certeza interna, suas decisões poderão ser falhas. Isso é importante que seja esclarecido, pois na quarta posição (Força) vemos que o que ela mais deseja é equilíbrio e segurança. Desse modo, é só organizando melhor as ideias, sendo mais coerente e responsável, que ela conseguirá isso. Até porque o Louco na quinta casa, associado com a Lua na terceira, indicam o quanto ela não quer assumir sua fragilidade. Felizmente, o Sol na sexta traz claridade, objetividade e resolução. Fora que nada parece realmente impedir a consulente de conseguir aquilo que deseja (Diabo na sétima). Para melhorar, as pessoas ao redor contribuem com pensamentos lúcidos e construtivos (Julgamento na oitava) que, basta que nossa consulente escute com atenção para tomar proveito deles. Por fim, a intuição da consulente é muito forte e ela está protegida espiritualmente (Estrela na nona), levando-a a conquistar estabilidade, retomando seu poder pessoal, saindo da zona de instabilidade atual (Imperador na décima). Por esta leitura se vê que a consulente se preocupa a toa com os eventos atuais, dando um peso desmedido e se cobrando exageradamente. Ela deve parar de querer seguir sozinha, se abrindo a ajuda que está a sua disposição, seja vindo de pessoas, seja das circunstâncias, seja da própria espiritualidade.

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei com mídias e publicações (jornais, internet e revistas), mas minha paixão sempre foi o Tarô, com o qual tenho uma vivência de mais de 20 anos. Atualmente resido em Franca, em São Paulo, sendo taróloga profissional – atividade reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 08/21/2014, em Artigos, Combinações, Tarô, Tiragens e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: