Série Perguntas clássicas ao Tarô: Ele/ela me ama?


Uma das perguntas mais frequentes é sobre o sentimento do outro ao nosso respeito e ela aparece em casos muito diferentes. Às vezes é para poder justificar se vale a pena ou não continuar num relacionamento conflituoso, outras é para obter coragem na hora de tomar uma iniciativa durante uma paquera, ou ainda é para se ter a garantia de que se voltarmos com alguém, seremos recompensados.

Seja qual for o motivo da pergunta, ficamos na dependência da resposta para agirmos, quando, intuitivamente, já sabemos a verdade, tanto sobre nossos sentimentos, quanto sobre os do outro. Afinal, o amor é algo que não tem como não sentir e não saber que está lá.

De todo modo, muitas vezes ficamos confusos e a consulta pode esclarecer nossos sentimentos e revelar intenções ocultas. Porém, é preciso que se aceite a verdade quando ela vem à tona, assim como as situações paradoxais nas quais você pode ter alguém lhe amando e, mesmo assim, não ficar com ela por uma série de razões. Por isso que, amar por amar não resolve as dificuldades financeiras, os problemas de saúde, a distância física, as questões familiares, etc.

Assim, é importante focar igualmente em tudo o que circunda a situação. Mesmo quando um casal se ama, isso não impede que ambos se machuquem, pois os padrões de comportamento independem do sentimento que nutrem um pelo outro.

Portanto, mais que querer saber se alguém lhe ama, é necessário também entender se a situação é favorável, se você está pronto para ficar com esta pessoa, se vai precisar de mais recursos para lidar com certos problemas, se terá que buscar ajuda ou se existe a necessidade de um afastamento para que ambos se recuperem.

Pode não ser a resposta que se espera ouvir, mas, com certeza, é que a ajudará  o amor a verdadeiramente florescer e perdurar.

Gostou do meu estilo? Veja como fazer uma consulta, clicando aqui

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei em emissoras de TV, produtoras de vídeo e cinema, além de ter sido assessora de imprensa de um órgão do Governo do Estado de São Paulo. De 2008 a 2011 me envolvi com a área de internet do Grupo Corrêa Neves de Comunicação em Franca, cidade do interior paulista para a qual me mudei para ter mais qualidade de vida e bem-estar. Dessa forma, pude me dedicar mais intensamente ao tarô, com o qual tenho uma vivência de 17 anos e mais de 5 mil atendimentos, e outros assuntos holísticos, escrevendo artigos e realizando consultas. Atualmente resido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, tendo assumido completamente minha profissão de taróloga – que passou a ser reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 10/03/2012, em Artigos, Tarô, Tiragens e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: