Série Perguntas clássicas ao Tarô: Ele/ela me trai?


Falar sobre traição é muito complicado durante uma consulta, pois o tarólogo se sente mais um detetive particular do que um terapeuta, até porque, como se trata de uma informação delicada, muitas das ações do consulente poderão ser ditadas de acordo com o que supostamente “sair” nas cartas.  Eles poderão, por exemplo, se separar, constranger o amado, fazer acusações com a “certeza” de que a traição existe ou já aconteceu, mesmo quando apareça apenas como uma possibilidade e não um fato durante a consulta. Fora que é bastante desagradável falar ao seu cliente que seu marido ou esposa está cogitando ou planejando uma traição. Isso não é só invasão de privacidade como cria um clima de desconfiança que nada contribui para a harmonização do casal, caso se tenha a intenção de se resolver qualquer questão no relacionamento.

Assim, eu procuro fazer a pessoa entender que ela carrega parte da responsabilidade pelo sucesso do relacionamento e, se ela não quiser passar por isso (uma traição ou mesmo uma separação triste), basta que mude aquilo que gera o conflito, seja passar a se cuidar mais, ser mais independente ou evitar o excesso de ciumes e crítica, seja abrir mão da vontade de controlar, parando de depender emocional ou financeiramente do outro, etc.

Se estas mudanças levarem à separação de todo jeito, sem problemas! Afinal, você estará num ponto favorável, mais forte e a desunião terá sido apenas uma forma que a Vida encontrou de lhe libertar do sofrimento que você teria se continuasse.

De todo modo, muitas vezes algumas simples mudanças, como passar a confiar mais em si mesmo, já evita muitos transtornos, inclusive possíveis traições nascidas da insatisfação, do egoísmo e mesmo do desejo de vingança.

______________________________________________________

Para consultas, acesse:

Email Simples – https://goo.gl/1hdiZ5
Email Completa – https://goo.gl/UgT2NR
Chat – https://goo.gl/8sLaeu

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei com mídias e publicações (jornais, internet e revistas), mas minha paixão sempre foi o Tarô, com o qual tenho uma vivência de mais de 20 anos. Atualmente resido em Franca, em São Paulo, sendo taróloga profissional – atividade reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 09/28/2012, em Artigos, Tarô, Tiragens e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: