Tarô e Meditação: 10 de Paus – Repressão


Quando não sabemos lidar com alguma coisa, é comum a suprimirmos, escondendo de nós mesmos e “varrendo para baixo do tapete”, como se tudo  fosse magicamente desaparecer.

Porém, o que sentimos só vai crescendo em intensidade e é muito provável que um mal-estar, uma doença, um acidente, ou problema grave surja para que acordemos da ilusão e sejamos obrigados a encarar o que nos desafia.

Se, mesmo assim, não fazemos nada, a loucura pura e simples pode se instalar em nós, fazendo até com que percamos o senso da realidade. Podemos ficar, por exemplo, depressivos, maníacos, adquirir vícios, termos dependências de remédios, irmos morar na rua ou até nos matar ou a alguém, se perdermos totalmente o controle.

Portanto, se algo lhe incomodou hoje, mesmo que seja pequeno, resolva, seja internamente, seja externamente, mas nunca deixe isso se perder a ponto de se misturar a outros tantos incômodos, lhe levando a um momento no qual você já não saiba mais a fonte da sua angústia.

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei com mídias e publicações (jornais, internet e revistas), mas minha paixão sempre foi o Tarô, com o qual tenho uma vivência de mais de 20 anos. Atualmente resido em Franca, em São Paulo, sendo taróloga profissional – atividade reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 09/19/2012, em Artigos, Meditação, Tarô e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: