Evite doenças com o Tarô: 3 de Ouros – Caridade ativa


Muitas pessoas quando ficam doentes têm aquela vontade de ser cuidadas, mimadas, como se a doença em si trouxesse embutidos estes privilégios. É claro que é uma delícia ser bem tratado e acolhido, porém, ter que adoecer para conseguir isso é muito triste. O interessante é que, mesmo que nossos entes queridos, companheiros e amigos cuidem de nós, a tendência mais forte é que, no fim, isso não seja sentido plenamente, pois o que nos falta mesmo é amor próprio. Digo isso porque se a doença se instalou em primeiro lugar, é porque permitimos nos sentir ingratos pela vida. Ora, se não valorizamos as pequenas coisas que nos acontecem, logicamente também não sentiremos muita coisa se as pessoas cuidarem de nós quando estivermos doentes. Como isso soa estranho, neste ponto é preciso fazer uma distinção entre o que pensamos daquilo que efetivamente sentimos. Você pode pensar que está grato pelo ato bondoso de alguém, mas isso não necessariamente faz você sentir gratidão. Sentir significa ficar verdadeiramente feliz e em paz, ter aquele “calorzinho” no peito. Quem sente de verdade, sara e nunca mais é atingido por desequilíbrio nenhum. Agora, se você fica doente para receber esta atenção, mas continua tendo recaídas, como se não fosse o suficiente, é provável que esteja faltando na sua vida um pouco de caridade.

Por isso, escolhi o 3 de ouros, que fala, entre outras coisas, de cooperação, de lidar bem com os outros, de criar uma unidade, de deixar um legado dentro de um grupo, dando seu melhor. Afinal, quanta coisa boa não sabemos fazer? O quanto não poderíamos contribuir para que o mundo tivesse menos sofrimento? Dar mais ao invés de ficar sempre esperando receber não poderia nos libertar de uma situação viciante de auto-piedade?

Assim, recomendo que todos nós encontremos uma causa pela qual investir e que ocupe nossa mente e coração. Tem gente que defende os direitos da mulher, outros se preocupam com as crianças ou com os idosos, tem aqueles que focam em educação, outros em esporte e lazer, outros ainda, como eu, se importam com o meio-ambiente, a nutrição adequada e o direito dos animais.

Por isso, pense: em que área posso verdadeiramente fazer a diferença?

Saiba mais sobre esta série aqui

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei em emissoras de TV, produtoras de vídeo e cinema, além de ter sido assessora de imprensa de um órgão do Governo do Estado de São Paulo. De 2008 a 2011 me envolvi com a área de internet do Grupo Corrêa Neves de Comunicação em Franca, cidade do interior paulista para a qual me mudei para ter mais qualidade de vida e bem-estar. Dessa forma, pude me dedicar mais intensamente ao tarô, com o qual tenho uma vivência de 17 anos e mais de 5 mil atendimentos, e outros assuntos holísticos, escrevendo artigos e realizando consultas. Atualmente resido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, tendo assumido completamente minha profissão de taróloga – que passou a ser reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 09/14/2012, em Artigos, Evite Doenças, Tarô e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: