Evite doenças com o Tarô: Roda da Fortuna – Recaídas


Altos e baixos marcam o eterno movimento da Roda da Fortuna e isso é absolutamente normal. O ruim é quando ficamos presos ao movimento em si, sem nos sentirmos capazes de evoluir com o tempo e os acontecimentos. Afinal, do mesmo jeito que a Roda sobe e desce, ela também vai para frente. Se fica estagnada num mesmo ponto, não há mudança, apenas um círculo vicioso que se repete indefinidamente. São exemplos: a pessoa histérica-depressiva,  o outro que uma hora segura demais, depois solta completamente e aqueles que num momento têm muito dinheiro e depois não têm nada, porque se empolgaram e não economizaram.

Em termos físicos, muitas vezes acontece de uma pessoa sarar de uma doença e após um curto período, manifestá-la novamente, podendo ir de uma gripe mal-curada até o retorno de um câncer. Por outro lado, aqueles que sofrem com a dependência de remédios, cigarros, bebidas ou drogas em geral, também podem retornar ao vício tão logo aconteça algum evento emocionalmente impactante. O mesmo se aplica aquele regime que estava indo muito bem até você provar aquele pedaço de bolo de chocolate.

Se você se vê preso a este movimento cíclico, no sentido negativo, claro, é bom se afastar um pouco e observar o próprio comportamento, perguntando-se: o que eu ainda não compreendi para que isto continue acontecendo na minha vida?

Conheço pessoas que se perguntam constantemente: Por que sempre perco dinheiro? Por que toda vez que compro uma casa preciso vendê-la para pagar uma dívida? Por que os homens com quem me relaciono me abandonam depois de terem se mostrado apaixonados? Por que estou sempre sendo despedida de meus empregos?

Se elas não entenderem a raiz desses padrões repetitivos, não poderão ter suas casas, nem se libertar de vícios ou doenças, muito menos conservarem paz de espírito, frente as adversidades da vida, o que seria a evolução do movimento da Roda. Afinal, mesmo que tenhamos que passar por altos e baixos na vida, isso não significa que precisemos perder a estabilidade ou o equilíbrio.

Saiba mais sobre esta série aqui

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei em emissoras de TV, produtoras de vídeo e cinema, além de ter sido assessora de imprensa de um órgão do Governo do Estado de São Paulo. De 2008 a 2011 me envolvi com a área de internet do Grupo Corrêa Neves de Comunicação em Franca, cidade do interior paulista para a qual me mudei para ter mais qualidade de vida e bem-estar. Dessa forma, pude me dedicar mais intensamente ao tarô, com o qual tenho uma vivência de 17 anos e mais de 5 mil atendimentos, e outros assuntos holísticos, escrevendo artigos e realizando consultas. Atualmente resido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, tendo assumido completamente minha profissão de taróloga – que passou a ser reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 07/27/2012, em Artigos, Evite Doenças, Tarô e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: