Evite doenças com o Tarô: Cavaleiro de Espadas – Síndrome do pânico


Quem experimenta a Síndrome do Pânico vive momentos de terror e de muita confusão, afinal, algo que começa na mente, com a supressão dos nossos medos inconscientes, se torna fisiológico, levando muitas vezes a pessoa a acreditar que está tendo um ataque cardíaco, por exemplo, quando se trata apenas de ansiedade.

Assim, tonturas, arrepios, falta de ar, desorientação e formigamento no corpo podem ser alguns dos sintomas do pânico criado na mente e não de uma condição física pré-existente, como problemas no pulmão ou no coração.

É claro que estas manifestações físicas são acompanhadas por ansiedade, angústia, medo, inclusive de realizar atividades cotidianas como dirigir, confusão mental, desconforto em lugares públicos, nervosismo com situações com as quais antes se lidava normalmente.

E o que o Cavaleiro de Espadas tem a ver com isso?

De certa forma, o espírito combatente dessa figura, me faz pensar sobre nossa teimosia em quer controlar ou não-aceitar aspectos negativos do nosso “eu”. Ao não querermos admitir certas coisas para nós, como nossas inseguranças, vamos suprimindo, escondendo, negando, até que, depois de receberem tanta pressão, elas emergem com força total, nos tirando até a liberdade de ação e nossa paz de espírito. Ou seja, somos dominados e constrangidos por nós mesmos.

Nestas horas nos falta a clareza mental trazida pelo elemento da espada, já que nossas emoções nos dominam. Afinal, deixamos que elas nos controlem ao ponto de tornar algo inofensivo em uma grande ameaça. Deixamos de ter confiança em nós mesmos e em nossa capacidade de mudança e de recuperação.

Portanto, se você sofre disso é bom começar a repensar na maneira como encara a vida e na influência que os outros causam sobre você. Será que consegue ser você mesmo? Se sente a vontade para se expressar, para dizer o que sente e o que pensa? Admite seus erros quando os comete?

No fim, as ameaças estão sempre dentro de nós, mesmo que pareçam vir de fora. Quanto menos nos debatermos, mais teremos chance de sair dessa situação sem nos ferirmos.

Saiba mais sobre esta série aqui

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei em emissoras de TV, produtoras de vídeo e cinema, além de ter sido assessora de imprensa de um órgão do Governo do Estado de São Paulo. De 2008 a 2011 me envolvi com a área de internet do Grupo Corrêa Neves de Comunicação em Franca, cidade do interior paulista para a qual me mudei para ter mais qualidade de vida e bem-estar. Dessa forma, pude me dedicar mais intensamente ao tarô, com o qual tenho uma vivência de 17 anos e mais de 5 mil atendimentos, e outros assuntos holísticos, escrevendo artigos e realizando consultas. Atualmente resido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, tendo assumido completamente minha profissão de taróloga – que passou a ser reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 07/18/2012, em Artigos, Evite Doenças, Tarô e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: