Evite doenças com o Tarô: Ás de Espadas – Ceticismo


A razão, aquilo que nos separa de outros animais, é uma conquista nascida do desenvolvimento da nossa consciência. Ou seja, nós não só temos noção de que existimos, como aprendemos de forma independente, modificamos nosso ambiente e ainda refletimos sobre nossa existência.

Se por um lado isso nos trouxe grandes conquistas, por outro, nos distanciou das coisas simples da vida, tornando mais difícil ouvirmos a voz de nossa intuição, assim como nos fez também bloquear uma série de instintos naturais que deixam nossas vidas mais artificiais e provocam vários tipos de desvios de comportamento.

Neste cenário, muita gente que prega a racionalidade acima de tudo, costuma julgar as coisas que aparentemente fogem à razão, tais como a espiritualidade ou conhecimentos que ainda não foram classificados como ciência, como bobagens, besteiras, ilusões, dogmas, etc. Elas se tornam céticas e no seu ceticismo cego, muitas vezes deixam de enxergar a verdade sobre a vida.

Não digo que as pessoas devam ser crédulas. Devem se manter abertas à novas possibilidades, isso sim. Experimentando, pesquisando, explorando, ao invés de simplesmente rejeitar de cara, só porque apareceu sob um rótulo, geralmente dado por outra pessoa, de embuste, crendice, golpe, etc.

Tenha, portanto, a lucidez, a clareza e a busca pela verdade do Ás de Espadas, sem perder o deslumbramento pelo novo, a curiosidade e a flexibilidade. Afinal, quantas coisas que eram científicas e inquestionáveis, hoje se provaram bobagens?

Assim, se você está doente e acredita que tudo o que está escrito nesta série é pseudo-ciência, procure refletir um pouco, observe o comportamento das pessoas que têm as doenças listadas aqui, faça comparações. Se, mesmo assim, não encontrar nenhuma prova de que faça sentido, pelo menos você poderá ter a confiança de que colocou um conhecimento em teste e o mesmo falhou. Agora rotulá-lo simplesmente, só mostrará que você tem medo de admitir que talvez tenha acreditado em conceitos errados este tempo todo.

Saiba mais sobre esta série aqui

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei em emissoras de TV, produtoras de vídeo e cinema, além de ter sido assessora de imprensa de um órgão do Governo do Estado de São Paulo. De 2008 a 2011 me envolvi com a área de internet do Grupo Corrêa Neves de Comunicação em Franca, cidade do interior paulista para a qual me mudei para ter mais qualidade de vida e bem-estar. Dessa forma, pude me dedicar mais intensamente ao tarô, com o qual tenho uma vivência de 17 anos e mais de 5 mil atendimentos, e outros assuntos holísticos, escrevendo artigos e realizando consultas. Atualmente resido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, tendo assumido completamente minha profissão de taróloga – que passou a ser reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 06/22/2012, em Artigos, Evite Doenças, Tarô e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: