Evite doenças com o Tarô: Morte – Osteoporose


Tirando o fato de que vivemos numa sociedade que divulga massivamente a informação errada de que o consumo de leite previne a osteoporose (leia mais aqui), ter ou não ter esta doença está mais relacionada à parte emocional da pessoa, do que ao consumo correto de fontes de cálcio, mesmo que isso seja muito importante.

Ou seja, quando uma pessoa sofre muita pressão, principalmente de pessoas próximas, e não consegue se adaptar ou fluir com as mudanças, ficando muito rígida (até porque tem muito medo de encarar o novo, pois assim poderia perder sua segurança e estabilidade), os ossos começam a esfarelar.

Isso acontece porque quem não evolui, perde a agilidade, a perspectiva e os ossos precisam de constante renovação para permanecerem fortes. Por mais estranho que pareça, já que associamos os ossos a algo resistente e duro, é só através desse constante processo de adaptação que eles crescem e nos fazem passar de crianças para adultos, por exemplo. Por isso que rigidez não combina com ossos fortes.

Neste sentido escolhi a carta da Morte, pois ela fala dessa rigidez, dessa postura de querer cortar tudo, sem encontrar uma solução intermediária. Ao mesmo tempo, ela fala de ciclos, de renovação, de sermos desapegados em relação ao passado, de tomarmos decisões em relação ao futuro de forma consciente, eliminando o que está errado.

Portanto, se você não quiser desenvolver esta doença ou já estiver com ela, aprenda a ter mais fé na vida e não permita que os outros lhe pressionem. Saiba quem você é e o que realmente quer e não tenha medo de mudar, afinal, não nascemos sabendo de tudo e não há nada de errado em mudar de ideia sempre que necessário.

Saiba mais sobre esta série aqui

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei em emissoras de TV, produtoras de vídeo e cinema, além de ter sido assessora de imprensa de um órgão do Governo do Estado de São Paulo. De 2008 a 2011 me envolvi com a área de internet do Grupo Corrêa Neves de Comunicação em Franca, cidade do interior paulista para a qual me mudei para ter mais qualidade de vida e bem-estar. Dessa forma, pude me dedicar mais intensamente ao tarô, com o qual tenho uma vivência de 17 anos e mais de 5 mil atendimentos, e outros assuntos holísticos, escrevendo artigos e realizando consultas. Atualmente resido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, tendo assumido completamente minha profissão de taróloga – que passou a ser reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 04/29/2012, em Artigos, Evite Doenças, Tarô e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: