Boas maneiras com o Tarô: 7 de ouros


Impaciência. Quem não quer apressar o ritmo das coisas, fazendo com que se desenvolvam mais rápido? quem não aperta várias vezes o botão do elevador achando que assim a máquina vai descer numa velocidade maior, quem não deixa o bolo cru, por não aguentar esperar os 30 minutos mínimos dentro do forno? Apesar desses exemplos serem banais, muitas vezes somos assim com grandes questões da nossa vida. Por medo de perder, por achar que as coisas não darão certo, por falta de confiança e fé, não deixamos que a situação se desenrole no seu tempo, que o outro possa se devolver, que os projetos sejam finalizados. Vamos atropelando tudo e estragando uma série de boas oportunidades. Por isso, procure deixar cada coisa ao seu tempo, respeite os ciclos, observe e aja com mais segurança, não se precipite. Entenda que é preciso que as sementes floresçam e as frutas amadureçam para poder colhê-las e aproveitar ao máximo de sua beleza e sabor. Antecipar as coisas, indo contra o fluxo só pode causar decepção.

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei com mídias e publicações (jornais, internet e revistas), mas minha paixão sempre foi o Tarô, com o qual tenho uma vivência de mais de 20 anos. Atualmente resido em Franca, em São Paulo, sendo taróloga profissional – atividade reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 12/05/2011, em Artigos, Boas Maneiras, Tarô e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: