Boas maneiras com o Tarô: 8 de Espadas


Tarô Mitológico

Hoje eu gostaria de falar sobre esta mania que temos de querer agradar a todo mundo, fazendo um monte de concessões para, no final, ficarmos presos de tal modo que não podemos mais fazer o que queremos ou o que é melhor para nós, além de termos que tolerar a insatisfação alheia. Afinal, se fazemos tudo pelos outros, receberemos cada vez mais exigências e também críticas, pois quem não se respeita a ponto de acumular responsabilidades e tarefas que não são suas, com certeza também não será respeitado.

Desse modo, coloque-se sempre em primeiro lugar. Isso não é ser egoísta, é amar a si mesmo, pois, como você poderá amar de verdade, se doar, fazer o bem, se está vazio por dentro e ainda se sente mal?

Anúncios

Sobre Vanessa Mazza

Graduada em Comunicação Multimídia pela UMESP, já trabalhei com mídias e publicações (jornais, internet e revistas), mas minha paixão sempre foi o Tarô, com o qual tenho uma vivência de mais de 20 anos. Atualmente resido em Franca, em São Paulo, sendo taróloga profissional – atividade reconhecida pelo ministério do trabalho desde 2002 – e atendo preferencialmente por chat e email.

Publicado em 09/26/2011, em Artigos, Boas Maneiras, Tarô e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

Alguma dúvida? Deixe abaixo!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: