Vibração Oracular: 22 Arcanos Maiores


TaroNeiVol2

Uma das coisas mais interessantes que encontrei no volume 2 de Nei Naiff, Vida e Destino (leia a resenha do primeiro volume aqui) foi o conceito de Vibração Oracular que, segundo o autor, é “a força mensurável do arcano”. Com ela, não se erraria mais em nenhuma interpretação. De fato, devo concordar que tem me ajudado muito em minhas consultas.

Trata-se de uma espécie de classificação dos arcanos de acordo com a energia que emitem, por assim dizer. Por exemplo, o Imperador é realizador, unidimensional e centrípeto. Isso significa que ele tem poder e liberdade para decidir (realizador), porém, por causa de sua postura fixa ou rigidez mental, isso nem sempre contribui para o seu sucesso (unidimensional), fazendo com que se tente impor o tempo todo sobre os outros ou as circunstâncias (centrípeto).

Ou seja, seria um erro afirmar que com o Imperador tudo irá fluir naturalmente, com reciprocidade e que não haverá resistências ou obstáculos. Muito menos que mudanças significativas ocorrerão, já que a qualidade do unidimensional e do centrípeto é continuar na mesma intensidade e provavelmente centrado em si mesmo.

Vacchetta Tarot

Vacchetta Tarot

Com o tempo pretendo colocar mais detalhes de cada tipo. Por enquanto, para quem não leu o livro, segue uma lista rápida dos 22 Arcanos Maiores:

  1. Mago – transicional, dinâmico;
  2. Sacerdotisa – lento, unidimensional, centrípeto;
  3. Imperatriz – realizador, dinâmico, aberto;
  4. Imperador – realizador, unidimensional, conclusivo;
  5. Sacerdote – realizador, lento, unidimensional, centrípeto;
  6. Enamorado – transicional, aberto;
  7. Carro – realizador, dinâmico, aberto;
  8. Justiça – evolucional, conclusivo, cármico;
  9. Eremita – realizador, unidimensional, lento;
  10. Roda da Fortuna – transicional, evolucional, aberto, cármico;
  11. Força – realizador, conclusivo;
  12. Pendurado – retrógrado, unidimensional;
  13. Morte – transicional, evolucional, dinâmico;
  14. Temperança – transicional, unidimensional, cármico;
  15. Diabo – realizador, dinâmico, centrípeto;
  16. Torre – retrógrado, evolucional, dinâmico, cármico;
  17. Estrela – realizador, unidimensional, aberto, conclusivo;
  18. Lua – transicional, evolucional, centrípeto;
  19. Sol – realizador, aberto, conclusivo;
  20. Julgamento – evolucional, dinâmico, aberto e cármico;
  21. Mundo – realizador, evolucional, dinâmico, conclusivo;
  22. Louco – evolucional, dinâmico

Série Tiragens: Do Rei (Gateway to the Divine Tarot)


O livro de Ciro Marchetti sobre o Tarot Legacy of The Divine (veja resenha dele aqui) traz ao final uma spread chamada Tiragem do Rei. O objetivo dela é descobrir se aquilo que você está pensando (como um projeto de vida) será bom para você. São 8 cartas. Porém, se as duas primeiras não forem respondidas favoravelmente, não há a necessidade de se continuar a leitura. Já a 5, 6 e 7 são 3 opções de atitude que se pode ter para se conseguir o que se deseja. Penso que se possa usar tanto o método Básico (só Maiores), quanto o Europeu (Maior+Menor) ou Americano (Tudo misturado com invertidas). As posições estão divididas assim: 1 – É uma boa ideia?; 2 – Irá acontecer sem ajuda?; 3 – Obstáculos; 4 – Ajuda; 5 a 7 – O que pode ser feito?; 8 – Resultado.

Veja um exemplo:

Connolly Tarot

Connolly Tarot

O consulente estava querendo saber se podia começar um projeto profissional no qual passaria a se expor mais. Na primeira posição, saiu a Lua, simbolizando que fazê-lo traria com certeza mais popularidade (estamos lendo sob o ponto de vista material, ou seja, qual seria o resultado primeiro de se levar isso adiante). Na segunda, com o Mundo, vemos que o consulente não precisaria de ajuda, pois possui todas as ferramentas na mão e saberia montar o projeto corretamente. Portanto, podemos ler as próximas cartas. Na terceira, a Força afirma que o consulente poderá sofrer com baixa-autoestima, podendo ser facilmente derrubado com críticas. Portanto, o que pode ajudá-lo é o Carro, na quarta posição, com sua força de vontade e metas claras. O Imperador, a Temperança e o Eremita sugerem que ele se organize bem, tenha constância, seja moderado e diplomático e que tenha paciência, mostrando sabedoria. Se ele também se manter firme em suas opiniões, sem se abater, ao mesmo tempo em que se auto-corrige, as coisas poderão ser mantidas sob controle. De todo modo, o desfecho é a Sacerdotisa, o que indica que o consulente provavelmente pensará muito sobre este projeto, mas não o levará a cabo por medo de errar ou se expor. Caso siga adiante, pode não evoluir muito ou, pelo menos, ser bem visto por suas observações sagazes.

Tarô e Símbolos: Mago


Ancien Tarot de Marseille

Ancien Tarot de Marseille

Usando o Tarô de Marselha, podemos visualizar alguns símbolos na carta do Mago:

Chapéu com forma de lemniscata – Infinito, perfeição, inteligência, criatividade.

Mesa com 4 cantos – Representativo da realidade, poder pessoal, altar.

Bastões, espadas, taças e moedas – Naipes do Tarô, referentes aos 4 elementos. Recursos à disposição do Mago.

Jovem em pé – Vigor, audácia e aspiração.

Mãos em movimento – Atividades pessoais.

Bastão na mão esquerda – Poder mágico, desejo, magnetismo, elemento fogo. Direção, energia masculina.

Moeda na mão direita – Poder material, realização, elemento terra.

Referências culturais: Os mágicos interpretados por Christian Bale e Hugh Jackman, no filme O Grande Truque, mostram um pouco da brincadeira da prestidigitação do Mago, assim o O Ilusionista, com Edward Norton. Alladin com sua capacidade de improvisação e grande potencial também é um bom exemplo das capacidades “em estado bruto” do Mago.

Bibliografia: Nei Naiff, Tarô – Vida e Destino/ Hajo Banzhaf, Manual do Tarô/ Kim Huggens, Tarot 101/ 

Você se parece com o Enamorado?


Universal Goddess Tarot

Universal Goddess Tarot

Quem está sob a influência do Enamorado gosta de se relacionar com outras pessoas, firmando conexões e sendo empático e diplomático. Assim, não teme a intimidade, estando aberto à proximidade dos outros. Por isso, costuma ser apaixonado pela vida, tanto que nem sempre consegue escolher apenas um caminho ou uma única pessoa para amar, em parte por ser um romântico inveterado.

O lado positivo é que sempre se questiona, ouve as opiniões alheias e as aceita, não negando nada, muito menos se mostrando inflexível. O problema disso, porém, é que acaba perdendo um pouco de tempo em múltiplas reflexões, chegando mesmo a ser influenciado negativamente por outros, se não possuir muita força moral. De todo modo, esta pessoa é gentil e afetuosa, o que lhe garante ajuda alheia sempre que precisa. A pessoa Enamorado também é muito intuitiva, presta atenção aos seus sonhos e gosta de lutar pelo bem-estar alheio e a paz em geral.

Agora, se estiver vibrando no sentido negativo, pode provocar separações e discussões, sendo desleal, imprudente, vaidoso ou egocêntrico, vivendo na dependência de outras pessoas.

Série Tiragens: Templo de Zeus (Tarô: Oráculo e Métodos)


O último volume da trilogia de Nei Naiff sobre Tarô traz algumas tiragens interessantes. Entre elas, o Templo de Zeus, voltado apenas para a parte financeira do consulente. Ela visa entender de onde ele está vindo do ponto de vista do dinheiro e qual sua tendência futura. São apenas 4 cartas. Recomendo ler apenas com os Arcanos Maiores, até porque, no livro, o autor dá sugestões de leitura para cada carta dentro do aspecto material. As posições estão divididas assim: 1 – Situação até 4 meses atrás; 2 – Situação atual; 3 – Situação daqui a 4 meses; 4 – Conselho.

Veja um exemplo:

(Medieval) Scapini Tarot

(Medieval) Scapini Tarot

O consulente estava querendo saber sobre seu futuro financeiro já que é casado e seu companheiro está desempregado. Na primeira posição, saiu a Torre, simbolizando a demissão do parceiro e as sucessivas perdas financeiras que se originaram disso. Na segunda, com o Sacerdote, vemos que o consulente já se recuperou do susto e está se reorganizando com disciplina e eficiência, além de estar poupando, evidentemente. Na terceira, o Diabo vem celebrar aumentos financeiros. Neste sentido, podemos esperar que ou o consulente achará novas formas de rendimento nos próximos meses ou mesmo o companheiro conseguirá algum tipo de atividade remunerada. Porém, o Diabo indica que não haverá satisfação emocional. Por isso, o conselho, na quarta posição, com os Enamorados, pede que se tenha equilíbrio e harmonia, que se busque ajuda e parcerias e, principalmente, que se evitem brigas e discussões.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 3.602 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: